Shows e Eventos Rio de Janeiro - RJ

Burning Symphony - Rio Harp Festival 2019

BURNING SYMPHONY NO XIV RIO HARP FESTIVAL 2019

Mais uma vez no Rio de Janeiro, o projeto Música no Museu, realiza o Rio Harp Festival. E como não poderia ser diferente, além de muitos músicos talentosos, vindos de diferentes lugares do mundo, a Burning Symphony, banda de Rio Claro, interior de São Paulo, composta por Jonathan Faganello na harpa, Celso Lazarinni na flauta, Ian Kokubun na bateria e Fábio Nunes no violoncelo, marcou presença durante os 3 dias em que se apresentaram. O segundo dia acabou sendo o mais especial de todos. Já conto pra vocês...rs 

Infelizmente, esse ano o flautista Celso Lazzarini não pode vir para o festival por problemas pessoais. Todos sentiram sua falta, meu amigo! Em compensação, tivemos um grata surpresa ao conhecer o novo violoncelista da banda, Fábio Nunes.  



Bem, sempre as vésperas do festival o clima aqui em casa é de expectativa e ansiedade. Isso porque depois de 9 anos fotografando a banda a amizade entre minha família e eles só aumenta. E como sempre é muito bom estar próximo dos nossos amigos a gente aqui em casa conta os dias para poder revê-los. Esse ano em especial, entrei em contato com o Jonathan e conversei com ele sobre uma cena que eu adoraria fotografar durante a apresentação. Aparentemente uma coisa simples, mas para mim, minha esposa Desirée e principalmente para o Valentín, seria uma daquelas cenas para se guardar para sempre. 



Para quem ainda não sabe, a família aqui é fã do Iron Maiden! E como a Burning tem várias músicas deles no repertório, incluindo o hino The Trooper, imaginei que o Valentín pudesse gostar daquela sensação de tremular a bandeira da Grã-Bretanha assim como o Bruce Dickinson faz nos shows do Iron. A bandeira aliás, foi um presente de aniversário do Valentín no ano passado em que um dos meus melhores amigos que mora na Inglaterra, trouxe para ele. Taí um belo exemplo de que um presente não necessariamente precisa ser caro e sim ter um significado que provavelmente será lembrado por nós para sempre. Diógenes, você é f.....! Valentín não decepcionou e subiu no palco mesmo não estando em total condições de saúde por conta de uma virose que resolveu tentar se aproximar dele justo no dia. Mas o espírito rock and roll falou mais alto e lá foi ele para a sua batalha. Com a mãe filmando e eu fotografando foi um momento lindo de se registrar. 



As apresentações rolaram no CCBB e no Forte Copacabana, aqui no Rio de Janeiro.

No setlist, músicas do mais recente cd e claro, os clássicos do heavy metal para delírio do público presente. Fear of the Dark, Hallowed Be Thy Name e The Trooper (Iron Maiden), Paranoid (Black Sabbath), Nothing Else Matters (Metallica), Down of Victory (Rhapsody of Fire), Tears of the Dragon (Bruce Dickinson) e mais Led Zeppelin, Pink Floyd, Kiss...

Como isso faz bem para os nossos ouvidos, né não?



Bem, a torcida agora é para que eles possam estar aqui novamente no ano que vem para comemorar 10 anos de apresentações no Rio Harp Festival. 


Let´s burn!  Up the irons!


Fiquem com as imagens e deixe seu comentário!!